fbpx
Siga o Jornal de Brasília

BsbTek

Ações da AMD Superam pela 1a vez desde 2006 as da Intel

Christiano Rodopoulos

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Intel já teve algumas dificuldades no passado, como por exemplo na época do Pentium II que ela lançou o DX2, que o domínio absoluto da Intel, cerca de 80% de Market na época, foi pro chão. Quase que as duas se equipararam. Essa queda repentina no momento, além da competitividade da AMD que tem oferecido preços mais atraentes, foi o anúncio que a Intel demoraria mais 12 meses, jogando a estimativa para a fabricação de 7nm para alguma data de 2022. E também a possível aquisição da ARM por algum concorrente.

Mas hoje a questão maior é a tecnologia de fabricação. A Intel está na mesma faixa de 12nm desde alguns anos, e diversas concorrentes já dispões de muito menores, tais como a própria AMD, a Qualcomm,  a TSMC, a Samsung e a Apple. Essas já tem usado há cerca de 2 anos o processo em 7nm. E a Apple, em parceria com a TSMC já se preparam para diminuir para 4nm. A vantagem se ter uma miniaturização maior é que a dissipação de calor é menor, a área para se encapsular mais transistores também é maior. Daí o poder de processamente é muito mais eficiente no modo geral.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade