Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Dicas para escolher a cortina ideal para a sua sala

Está em dúvida como escolher a cortina certa para a sua sala? Veja aqui dicas que irão te ajudar fazer a escolha certa

Por Veridiana Arruda 11/08/2021 11h50
Dicas para escolher a cortina ideal para a sua sala

Hoje eu quero falar de um item muito importante na decoração da sua sala: a cortina. Ela exerce um papel fundamental e você deve ter atenção a essas dicas que quero passar para não errar na hora de escolher a sua.

Na hora de fazer a escolha do modelo ideal, leve em consideração a função que ela irá exercer em seu ambiente.

Algumas salas acumulam diferentes funções. Podem servir como um home cinema, por exemplo. Nestes casos é importante investir em uma cortina que ofereça bloqueio de luz para que aumente a qualidade da imagem do seu home.

Para isso saiba que existem dois tipos de cortina: a corta luz, que bloqueia até 60% da luminosidade; e a blackout, que bloqueia 100%. Geralmente os modelos corta luz são bem indicados para as salas de tv.

As cortinas blackout, por vedarem totalmente a incidência de luz, também acabam oferecendo um controle de calor para o ambiente. Mas para isso elas deverão ficar fechadas, vedando a visão exterior.

As cortinas blackout ou a persiana solar são as melhores para reduzir o calor. Já as cortinas de linho, mais encorpadas, são ótimas para o controle do frio.

Também nestas situações a cortina ajuda na qualidade da acústica bloqueando o som. Elas ajudam amortecer o ruído e ecos dentro da sala. Você sabia que alguns modelos de cortinas acústicas diminuem o ruído externo em até 20db?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Então, se a sua intenção é abafar o som, minha dica é você investir em cortinas de fibra de vidro ou vinil.

Friso, porém, que esses modelos de cortinas blackout são ótimas para quartos e salas de cinema. Esses modelos são mais pesados e podem atrapalhar o visual natural e arejado da casa. Invista em tecidos que deixem a luz transbordar, que tragam luminosidade e permitam uma conexão com a área externa.

Avaliada, assim, a função que ela irá exercer para o ambiente, controle de luz, temperatura, som e até mesmo privacidade, não podemos esquecer que a cortina tem um papel muito importante na hora de complementar a decoração do ambiente.

Deixe a escolha da cortina como item final na decoração da sua sala. Para que você possa acertar na função certa que ela terá e estilo adequado com a decoração do ambiente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para uma sala mais elegante, de preferência aos modelos longos. Você pode até combinar o uso de uma persiana junto com tecido longo. Fica muito charmoso!

A cortina deve sempre ser maior uns 15 a 20 centímetros de largura do tamanho da janela ou porta. Isso evita que a luz passe pelos cantos da janela. O cumprimento mais usado é do teto ao chão. Deixar ela ter um leve caimento no chão pode deixar seu ambiente mais aconchegante também ajuda ampliar o ambiente.

Mas esse tamanho é uma questão de gosto!!

Pense bem na cor. A cor deve harmonizar com o restante do ambiente. Tome cuidado com cores muito fortes ou muito estampadas para que não enjoe e polua visualmente a sua sala.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assim como a cor, o tipo de tecido também deve estar em harmonia com o ambiente. Veja bem qual o seu estilo de decoração. Ambientes mais despojados pedem tecidos mais leves, ao contrário de ambientes mais clássicos que ficam bem com tecidos mais encorpados. A palha ou matérias naturais ficam ótimos em salas rústicas por exemplo.

Se você quer deixar o máximo de luminosidade, aposte nos tecidos mais leves como o voile, chifon ou xantungue. O algodão, linho, sarja e a seda são ótimos para filtrar a luz. Já o veludo, camurça ou o blecaute são recomendados para quando a intenção é deixar o ambiente bem escuro.

Se você optar por persianas, fique atento na largura de cada lâmina, quanto maior, maior será a passagem de luz quando ela estiver aberta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As persianas também exercem as mesmas funções da cortina. Elas controlam a luminosidade, o som, controlam a temperatura e privacidade do ambiente, o vento. A diferença entre cortina e persiana está no tipo de material e forma de abertura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Existe no mercado diversos tipos de modelos e materiais para as persianas. As basculantes são feitas com lâminas de madeira, alumínio e PVC presas em um cordão que giram na vertical ou horizontal. O painel são modelos de recolhimento lateral ideal para vãos de passagem. As de rolô, que enrolam quando fechadas muito usadas em varandas fechadas com vidro.

Você pode fixar a cortina de duas formas: usando um varão ou trilho suíço. Eles podem ser únicos, duplos ou triplos, dependendo da quantidade de camadas desejada.

Inspire-se!

Por fim, não esqueça dos acessórios, ganchos, pendentes nas pontas, argolas, cristais dão um toque todo especial!

Até a próxima semana com mais dicas!!








Você pode gostar