Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Referência na compra de penhor de joias, Íkaro Cury fala sobre aumento na venda de peças familiares na pandemia

Há 11 anos no mercado, dono da Cury Comex comenta sobre aceleração do setor e importância de uma boa avaliação para precificar o produto

Por Analice Nicolau 14/05/2022 2h00
Há 11 anos no mercado, dono da Cury Comex comenta sobre aceleração do setor e importância de uma boa avaliação para precificar o produto

Muitas pessoas mantêm em seu acervo familiar joias que são passadas de geração em geração. Em diversos casos, por conta de dificuldades financeiras, busca de monetização para investir em projetos ou viagens, ou pelas peças não terem mais um real significado, estas decidem vender esses bens.

Além disso, quando optam por penhorar suas joias, muitas vezes não possuem recursos para resgatá-las posteriormente, ou não querem ter custos com algo que não querem mais possuir, e é aí que entra o trabalho de Íkaro Cury, especialista em em avaliação, compra e negociação de penhor.

O dono da Cury Comex, empresa fundada em 2011 com o nome Cury Joalheria, recentemente atualizado, conta em entrevista que a busca por vendas de joias aumentou durante a pandemia, devido a impactos financeiros negativos decorrentes da crise gerada pelo momento instável.

“Atendemos muitas pessoas que, diante da nossa avaliação justa sobre seu ouro, nos fizeram não uma, mas algumas vendas de joias que já não lhe serviam mais por estarem danificadas. Senti claramente gratidão por este serviço, em alguns destes casos”, divide Íkaro.

Referência na compra de Penhor de Joias da Caixa Econômica Federal, o empresário revela que seu gosto por metais e pedras preciosas vem de berço e que, apesar da sua formação em Odontologia, decidiu seguir carreira no atual ramo, logo após passar por dificuldades que o levaram a entender sobre o setor.

“Na minha família, tínhamos algumas joias passadas de geração a geração. Nunca nos desfazíamos dessas peças. Isso me chamava atenção: ‘quanto uma joia pode ter significado…’. Porém, curiosamente, ingressei nesse negócio quando precisei me desfazer de algumas joias que tinha, por dificuldade financeira após o falecimento de minha avó.A partir daí, acabei me tornando uma referência entre amigos quanto à compra e venda de peças de ouro. Foi assim que surgiu a Cury Joalheria, há 11 anos”, diz Cury.

Através da empresa, os clientes podem negociar o seu penhor de joias da Caixa Econômica, mesmo que esteja em atraso. “Fazemos toda a análise dos seus contratos de penhor, pagamos a sua dívida na Caixa Econômica Federal e, em seguida, também te pagamos um percentual de lucro referente as suas joias”, anuncia a Comex, em seu site oficial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Íkaro vem adquirindo conhecimento ao longo da sua trajetória profissional e, atualmente, realiza avaliações assertivas e imparciais, valorizando as peças, o que firmou seu nome no mercado, com uma carteira de clientes que vão de artistas a importantes famílias brasileiras.

Muitas pessoas encontram dificuldades na hora de avaliar o real valor de uma joia que já está na família há gerações. Através dos serviços de avaliação oferecidos pela Cury Comex, esse problema é sanado e as famílias podem ter acesso a quanto custam seus bens, podendo precificá-los de maneira mais exata.

Contrariando as estimativas, o especialista relata que, em 2021, durante o período pandêmico, o mercado de joias acumulou alta de 20% na receita e 5% nas importações.

“O que aconteceu foi que o consumidor gastou menos em turismo, e, com isso, sobrou dinheiro para a alta joalheria. Afinal, sabemos que joias não perdem valor e não saem de moda na temporada seguinte”, conta Íkaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Essa crescente valorização do mercado de joias e metais preciosos torna ainda mais viável a venda desses bens, sendo uma alternativa para quem deseja solucionar pendências financeiras ou apenas aumentar os ganhos.








Você pode gostar