Menu
Analice Nicolau
Analice Nicolau

Inscrições para o Cabíria Prêmio de Roteiro e Cabíria Lab estão abertas até 31 de março

Inscrições devem ser realizadas por meio de site do projeto

Analice Nicolau

11/03/2024 14h00

Com preço de R$ 150 (cento e cinquenta reais), as inscrições para o 9º Cabíria Prêmio de Roteiro e do Cabíria LAB, podem ser realizadas até o dia 31 de março por meio do site www?cabiria?com?br. A gratuidade nas inscrições pode ser pedida por roteiristas trans, negras, indígenas e PcD, já as roteiristas originadas de periferias, mães-solo e associades da ABRA (Associação Brasileira de Roteiristas e Autores), receberão um 20% de desconto nas inscrições, segundo o regulamento. Estas iniciativas integram a Rede Cabíria de Talentos, que organiza ações com foco na valorização de roteiristas e histórias com protagonismo feminino na diversidade de sua expressão.

“O Prêmio Cabíria chegou para nós durante um período em que o filme parecia estar se tornando uma possibilidade real, pois vínhamos da residência da Fundación Carolina e tínhamos ganhado o FSA, mas o Brasil estava entrando nas trevas. O caminho seria longo, mas o prêmio foi muito importante para a gente ganhar ainda mais coragem e força para seguir adiante com essa história que, quanto mais tempo se passava, mais urgente e explosiva se tornava, até ser o Levante que ela é hoje”, salienta a roteirista Maria Helena Morán Atencio.

O Prêmio e o Cabíria LAB já acumulam 130 roteiros contemplados que, anualmente, progridem em suas fases de produção e transformam-se obras para telas distintas como cinema e streaming. Dentre eles, o prestigiado “Levante”, roteiro de Maria Helena Morán Atencio e Lillah Halla, que também é responsável pela direção. Premiadas no ano de 2017, o longa estreou nos cinemas brasileiros apenas em fevereiro deste ano (2024). Desde a sua conclusão, o filme já conquistou 25 premiações em festivais ao redor do mundo, incluindo o Prêmio de Melhor Filme pela Federação Internacional dos Críticos no renomado Festival de Cannes, em 2023.

Enquanto isso, o Cabíria LAB e? um laboratório concentrado em projetos audiovisuais em estágios iniciais e intermediárias de desenvolvimento. A dinâmica do LAB engloba consultorias e masterclasses de especialistas para o impulsionamento de carreiras de roteiristas e seus conteúdos originais. As categorias presentes são: “longa-metragem de ficção”, “longa-metragem de ficção infantojuvenil” e “série de ficção”.

Próximo de sua nona edição, o Prêmio Cabíria é avaliado como uma das premiações mais importantes do Brasil, se destinando a roteiros de longa-metragem de ficção em fase avançada de desenvolvimento. A iniciativa tem como finalidade conectar histórias originais de autoras estreantes, ou não, ao mercado audiovisual e colaborar para a produção de obras com protagonismo feminino tanto na frente das câmeras, como atrás delas. Entre os prêmios distribuídos estão uma quantia em dinheiro, consultorias, bolsas e/ou descontos em cursos, além do passaporte para a Rede de Talentos do Projeto Paradiso, entidade que investe em formação profissional, geração de conhecimento e impulsionamento de talentos do audiovisual.
O regulamento para as inscrições de roteiros e/ou projetos no Prêmio Cabíria e no Cabíria LAB não determinam uma temática obrigatória, mas fazem a exigência de possuir pelo menos uma protagonista feminina e ser de autoria de roteiristas autoidentificadas mulheres, podendo ter coautoria com pessoa(s) de identidade(s) e expressões de gênero variadas. A divulgação dos resultados com os roteiros e projetos escolhidos será feita em julho e, já no segundo semestre, acontecerá a premiação e a realização do laboratório, no Cabíria Festival.

“Temos muita satisfação em afirmar que o Prêmio e o Cabíria LAB integram o calendário do audiovisual brasileiro e somam como elos da rede de ações afirmativas de democratização dessa cadeia produtiva “, festeja Vânia Matos, diretora e produtora executiva do festival. A idealizadora do Prêmio Cabíria, Marília Nogueira, ratifica a declaração de Vânia sobre a iniciativa: “observar anualmente obras cujos roteiros passaram pela premiação chegarem ao público é emocionante e renova as energias para ampliar a ação para mais autoras e histórias”.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado