Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

E-commerce de vinho pretende faturar R$4 milhões em 2022, lançando clube de assinatura e loja física

No primeiro ano, a marca faturou R$1 milhão

Por Analice Nicolau 20/01/2022 6h00
No primeiro ano, a marca faturou R$1 milhão

Quem não adora abrir um bom vinho para dar uma tranquilizada no fim do dia? Em um momento tão difícil como a pandemia, os brasileiros aumentaram o consumo da bebida. Com uma veia empreendedora, Michaell Fellipe, CEO da Drink Wines, decidiu abrir um e-commerce especializado em vinho durante o período de isolamento. A empresa cresceu tanto que pretende chegar a R$4 milhões de faturamento em 2022.

De acordo com um levantamento realizado pela União Brasileira de Vitivinicultura (UVIBRA), o consumo de vinho entre os brasileiros aumentou 41,15% no primeiro semestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano anterior. Atento a essas mudanças, Michaell não perdeu tempo e decidiu empreender com a Drink Wines.

“Vinho é uma bebida que está no gosto do brasileiro, e cada vez mais vem crescendo o seu consumo. Então percebemos a oportunidade de proporcionar um negócio onde a pessoa pode ter uma grande experiência, por um preço acessível e com um atendimento personalizado através de nossa plataforma e redes sociais. Queremos revolucionar este meio”, comenta Michaell.

Apenas no primeiro ano de faturamento, a Drink Wines já faturou R$1 milhão. Em 2021, a empresa dobrou esse número, atendendo aproximadamente 5 mil clientes. Em 2022, Michaell revelou que pretende ter R$4 milhões em faturamento. Para chegar nesse número, ele pretende lançar um clube de assinatura e abrir uma loja física no Rio de Janeiro.








Você pode gostar