Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Consultora de imagem Jhanne Pires fala da importância da imagem pessoal no BBB22

De acordo com a especialista, o poder da comunicação por meio das roupas pode ser uma ferramenta decisiva e importante no jogo interno e externo do participante

Por Analice Nicolau 14/01/2022 5h00
De acordo com a especialista, o poder da comunicação por meio das roupas pode ser uma ferramenta decisiva e importante no jogo interno e externo do participante

Com estreia marcada para o dia 17 de janeiro, o Big Brother Brasil, maior reality show do país, é objeto de desejo não apenas de anônimos, que sonham se tornar milionários e influenciadores, mas também de celebridades que buscam projetar nacionalmente sua imagem por meio da gigante visibilidade do programa, e a moda pode ser uma ferramenta poderosa e decisiva na relação que o participante constrói com o público e com os moradores da casa mais vigiada do Brasil.


Consultora de imagem, Jhanne Pires aponta que atualmente o programa é uma fábrica de criação de personalidades midiáticas, no qual cada participante é um personagem que alimenta o enredo do programa. Partindo dessa premissa, a imagem pessoal se torna fundamental para o participante conquistar a simpatia dos telespectadores nas primeiras semanas de confinamento, bem como os colegas da casa.


“Toda vestimenta tem uma comunicação, por isso, é indispensável a representação de sua essência. É importantíssimo imprimir uma imagem que expressa clareza, que representa o valor da sua singularidade. Se em alguma situação se sentir frágil, por exemplo, é importante deixar a fragilidade exposta porque as pessoas se conectam com o que é real, com o que é de verdade. Isso também dá ao participante mais controle sobre qual personagem ela será na história contada pelo programa”, pontua.


Dentro desta conexão que uma roupa é capaz de causar nas pessoas, a consultora de imagem destaca que uma escolha assertiva no look também pode ajudar na hora de fazer aliados dentro do game. “Uma roupa pode te tornar mais convidativo para que as pessoas se sintam à vontade em conversar com você, assim como pode trazer uma sensação de distanciamento”, alerta Jhanne Pires.








Você pode gostar