Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Com estoque de carbono e ações sustentáveis, Melhoramentos tem maior remoção de CO2 da atmosfera

Com estoque de carbono e ações sustentáveis, Melhoramentos tem maior remoção de CO2 da atmosfera

Por Analice Nicolau 17/05/2022 3h00
Com estoque de carbono e ações sustentáveis, Melhoramentos tem maior remoção de CO2 da atmosfera

A Melhoramentos acaba de divulgar o relatório com um balanço de todas as iniciativas feitas em 2021 e perspectivas para o futuro, sempre se pautando em ações ESG – que se refere a boas práticas ambientais, sociais e de governança. Os dados apontaram que a empresa teve bons resultados, conseguindo mais remoção de CO2 da atmosfera do que emissão.


Há mais de 130 anos no mercado, a Companhia Melhoramentos de São Paulo atua nos segmentos Editorial, Cultivo e Manejo de Florestas, fabricação de Fibras de Alto Rendimento de Celulose e Desenvolvimento Imobiliário. Buscando sempre ações com os princípios ESG, a empresa aderiu ao Pacto Global da ONU e o Relatório de Sustentabilidade (2021) da empresa mostrou como isso contribuiu aos resultados positivos.


O Pacto Global foi criado pela ONU para encorajar empresas a adotar políticas de responsabilidade social corporativa e sustentabilidade. Com as mudanças feitas por meio dessa iniciativa somadas ao aumento do estoque de carbono da companhia nos últimos anos, o resultado foi uma remoção de CO2 da atmosfera, maior que a emissão.


“Estamos investindo em ações que tragam ainda mais modernização e automação aos novos processos, além de ajustes em melhorias operacionais, tudo isso alinhado aos princípios ESG e aos valores da empresa. O relatório deste ano nos mostrou que o caminho que estamos trilhando e nosso compromisso com sociedade, a transparência, sempre de forma responsável e sustentável estão gerando impactos positivos para o meio ambiente e para a sociedade como um todo”, comemora Karin Neves, Diretora de Sustentabilidade, Pessoas e Jurídico da Melhoramentos.


Os dados da empresa mostraram que, entre 2019 e 2021, as emissões de gases de efeito estufa (GEE) resultaram em 15.064 tCO2e. Porém, os estoques florestais resultaram na remoção de 52.089 tCO2e da atmosfera, nesse mesmo período. Para entender como isso é importante, o CO2, ou gás carbônico, é responsável por gerar graves desequilíbrios no efeito estufa.








Você pode gostar