Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Após crise de Burnout Bernardo Aquino encontra alento na fotografia

Fotógrafo encontra na profissão a força para enfrentar suas dores

Por Analice Nicolau 29/06/2022 4h00
Fotógrafo encontra na profissão a força para enfrentar suas dores

O fotógrafo mineiro Bernardo Aquino, 43 anos, mora atualmente em Florianópolis (SC). Tem na fotografia projetos relevantes em fase de captação de recursos, como o livro de fotos sobre a recuperação de Brumadinho (MG), após a tragédia em 2019, com o rompimento de uma barragem.

Com pai fotógrafo, a arte de desenhar com a luz sempre esteve na vida de Bernardo de forma amadora. “Nós tínhamos um laboratório de revelação em casa, em uma época em que não existiam os equipamentos digitais”, lembra. “Hoje eu foco meu trabalho em contar histórias, de forma a me conectar com as pessoas, a natureza”, explica Bernardo.

Viúvo desde 2020, quando perdeu sua esposa por metástase de um câncer, Bernardo viveu o luto refletindo sobre o trabalho antigo, no ramo alimentício, e isso resultou neste novo momento de sua vida. “Nestes trabalhos antigos eu oferecia saúde, pois trabalhava com produtos naturais e linha fit, mas a minha própria estava sendo prejudicada”, lembra.

Na capital catarinense, trabalhou inicialmente com gestão de marketing e, nas horas livres, como fotógrafo freelancer nas áreas de esportes e arquitetura de interiores, já que sua ex-esposa Patrícia era designer de interiores. “O que me fez fotografar essas duas áreas foi a conexão que tinha com viagens. Meu interesse por arquitetura veio no intuito de fotografar monumentos históricos, mas para isso precisaria me aprimorar com serviços destinados a este nicho”, diz.

Para os próximos anos é no Chile o local que pretende realizar um novo registro fotográfico. A viagem para Bernardo será mais um projeto autoral com captação de recursos privados em parceria com marcas que queiram patrocinar a viagem. “O contexto é a conexão com a natureza, reflexões e histórias de lugares e pessoas que serão contadas através de imagens e texto”, finaliza.








Você pode gostar