Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Americanas S.A. e UNICEF se unem contra evasão escolar e pobreza menstrual entre jovens

Parceria entre as instituições pretende impactar cerca de 7 mil crianças, adolescentes e educadores de municípios do interior do Norte e Nordeste do Brasil

Por Analice Nicolau 10/05/2022 6h00
Parceria entre as instituições pretende impactar cerca de 7 mil crianças, adolescentes e educadores de municípios do interior do Norte e Nordeste do Brasil (Foto: UNICEF/BRZ/Emanuelle Rabelo)

A Americanas S.A., em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), se unem por uma causa social de impacto: as entidades vão promover iniciativas para enfrentamento da evasão escolar e para a promoção da dignidade menstrual entre estudantes em situação de vulnerabilidade que menstruam (meninas, mulheres e meninos transexuais), além de incluírem na pauta outros temas relevantes.

Parceiros desde 2019, Americanas S.A. e UNICEF pretendem alcançar cerca de sete mil crianças, adolescentes e educadores de municípios do interior de estados do Norte e Nordeste do Brasil, através da instalação de estações de lavagem de mãos em escolas do Amazonas e do Maranhão, do desenvolvimento de atividades com adolescentes e líderes comunitários relacionadas ao tema de Dignidade Menstrual e da distribuição de kits de higiene a adolescentes e escolas. As ações fazem parte da iniciativa “Água e Higiene nas escolas”, do UNICEF e parceiros.

Uma enquete realizada pela UNICEF e Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), com 1,7 mil adolescentes e jovens brasileiros que menstruam, mostrou que mais de 60% já deixaram de ir à escola ou a outro lugar que gostam devido à menstruação.

A parceria também prevê fortalecer a estratégia de Busca Ativa Escolar do UNICEF na região Norte do Brasil. Desenvolvida em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a iniciativa visa identificar, registrar e acompanhar crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.

“O UNICEF tem sido um parceiro estratégico para reforçarmos nosso compromisso com os ODS que priorizamos. E já somamos grandes conquistas até aqui, como a contratação de mais de 7 mil jovens em vulnerabilidade por meio do Um Milhão de Oportunidades (1MiO), e também a forte união para o combate aos efeitos da Covid-19 em todo o país, com a doação de itens de higiene e mais de 700 kits de conectividade para possibilitar o ensino remoto de crianças e adolescentes”, explica Bruna Sabóia, gerente de sustentabilidade da Americanas S.A..

O apoio de Americanas S.A. vai fortalecer também a estratégia de Busca Ativa Escolar na região Norte do Brasil, impactando cerca de três mil meninas e meninos e mil profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social e planejamento das equipes municipais de proteção às crianças em situação de vulnerabilidade.

A iniciativa do UNICEF tem parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), e conta com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Estar na escola e aprender são direitos de cada criança e adolescente. Para tanto, é fundamental fazer a busca ativa, indo atrás de quem está fora da escola ou em risco de evadir, e tomar as medidas necessárias para garantir a permanência na escola, aprendendo. Isso inclui, também, transformar o ambiente escolar em um espaço acolhedor para toda pessoa que menstrua. Serão esses novos esforços, em parceria com Americanas S.A.”, conclui Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.








Você pode gostar