Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Cão finge doença para ter companhia de donos em casa

Publicado

em

Publicidade

Um cachorro de Utah, no oeste dos Estados Unidos, fingiu que estava doente para que seus donos, que ficaram preocupados, tirassem um dia de folga e ficassem em casa, em vez de sair para trabalhar.

Kennady Longgusrt, a dona, contou que chegou em casa para almoçar e ouviu seu cãozinho Sully fazendo barulhos que pareciam tosse e sufocamento. Preocupada, ela ligou para o marido, Alex Salsberry, para que ele também investigasse o que poderia estar acontecendo.

Kennady chegou a procurar técnicas veterinárias na internet, embora, fisicamente, Sully estivesse bem – parecia até feliz.

Ao longo do dia a tosse diminuiu e Sully pareceu bem durante a noite. No entanto, quando o casal se preparava para ir trabalhar na manhã seguinte, a tosse do cão voltou, e dessa vez bem forte.

Publicidade

Seus donos, então, decidiram levá-lo ao veteritnário, e nenhuma alteração ou doença foi identificada – nem sequem gripe. O veterinário, depois de cobrar US$ 85, constatou que o cão fingiu estar doente.

“Jsyk Sullivan nunca fica sozinho por mais de 3 horas. Não estamos o negligenciando. Ele é nosso mundo. E ele faz muito drama”, escreveu Kennady em seu Twitter.

“Depois de US$ 85, o veterinário nos disse que Sully fingiu doença para nos chamar a atenção. E funcinou”, publicou Kennady ao lado de uma foto sua com Sully.

Fonte: Estadão Conteúdo


Você pode gostar
Publicidade