fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Trio é preso por suspeita de participar de tentativa de explosão em igreja de Brazlândia

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Três pessoas foram presas por suspeita de terem participado da colocação de uma mochila com um artefato explosivo na entrada do Santuário Menino Jesus, em Brazlândia – ela é a maior igreja católica do DF. Os fiéis que assistiam a Missa da véspera de Natal no templo, no dia 24 de dezembro, se assustaram quando ficaram sabendo da situação.

A investigação é conduzida pelas polícias Civil do DF e Federal. As detenções só ocorreram no último dia 1º de janeiro após o cumprimento de sete mandados de busca e apreensão em alguns endereços de Brasília, Goiânia e São Paulo, no dia anterior (dia 31 de dezembro). A suspeita é de que o trio faça parte de um grupo que coordene esse tipo de ação e tenha feito ameaças a algumas pessoas do novo Governo Federal.

As ações ocorrem em segredo de Justiça para não comprometer o trabalho policial já que, segundo a Polícia Federal, existe a possibilidade de que a associação criminosa tenha cometido outros ilícitos.

Ainda é investigado o porquê da tentativa de explosão de uma bomba na igreja em Brazlândia. A mochila foi percebida por um homem que passava na frente do templo que suspeitou do objetivo. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PMDF foi chamado para verificar a situação e percebeu que realmente havia conteúdo possível de ser explodido.

O artefato foi explodido na madrugada do dia 25 de dezembro, cerca de 4h da manhã. Para isso, os arredores da igreja, incluindo as ruas mais próximas, ficaram interditados.


Leia também
Publicidade