Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Brasilienses são pegos de surpresa com paralisação de rodoviários neste sábado (20)

Publicado

em

Publicidade

Muitos brasilienses foram pegos de surpresa com a paralisação dos rodoviários na manhã deste sábado (20). Os funcionários decidiram cruzar os braços por conta do não recebimento do adiantamento dos salários cobrado pela categoria. Por sua vez, as empresas de ônibus alegam que não têm condições financeiras de pagar.

A Viação Piracicabana DF é a única que está rodando. Ela atende em Águas Claras, Asa Norte, Asa Sul, Brazlândia, Cruzeiro, Estrutural, Guará, Planaltina, Sobradinho II, Sobradinho, Sudoeste, Taguatinga, Varjão, Lago Norte e Fercal.

As companhias alegam que não é possível efetuar o pagamento devido à crise financeira causada pelas dívidas do GDF com as empresas, que estão em cerca de R$ 220 milhões, quando somados os anos da atual gestão. Dos mais de R$ 200 milhões, R$ 88 milhões são de 2015, R$ 53 milhões do ano passado e R$ 75 milhões deste ano.

Reunião termina sem consenso

Publicidade

Nessa quinta-feira (18), durante reunião, foi apresentada à categoria dos rodoviários uma proposta pedindo um prazo de sete dias para acertar o adiantamento, que deveria ser depositado hoje. Os rodoviários, contudo, não aceitaram e ameaçaram paralisar as atividades.


Você pode gostar
Publicidade